Travessa do Capote,47 - Telefone - 282 423 266

sexta-feira, setembro 30, 2005

DAR A VOZ AO POVO !


O compromisso programático do eleito com a população que o elegeu é simultâneamente um compromisso com o Partido que o propõe à eleição e a cujo projecto dá rosto. Desligá-los constituiria em si a deslegitimação da vontade do eleitorado.

ELEITOS CDU EM PORTIMÃO
_____________________

Câmara Municipal

Rui de Jesus Sacramento

Assembleia Municipal

Celso Boto da Silva

Luis Manuel de Sousa

Assembleia de Freguesia de Portimão

José Francisco Sanches

Susana Mealha da Silva

Assembleia de Freguesia de Alvor

Maria Conceição Rodrigues

Assembleia de Freguesia da M. Grande

José Duarte Silva ( VILA )

Junta de Freguesia de Portimão

Damião Costa Sequeira



ASSEMBLEIA METROPOLITANA ALGARVE

Luis Paciência de Sousa

CONTRA O ORÇAMENTO

DECLARAÇÃO DE VOTO

Ponto 4 – c) da Ordem de Trabalhos da 5ª Sessão Ordinária/2005 da Assembleia Municipal de Portimão
19 Dezembro de 2005

O Orçamento da Receita e da Despesa 2006 e as Grandes Opções do Plano 2006-2009 da Câmara Municipal de Portimão tem projectos / acção que figuram nos sucessivos planos há mais de vinte anos, sem concretização como por exemplo: a gare rodoviária e o canil / gatil municipal.

Infra-estruturas essenciais à qualidade de vida das populações como o abastecimento de água à população de Arão, a construção de uma passagem aérea na estrada nacional da Aldeia Nova da Boavista – frente ao Eclerc –, ou a criação de saneamento básico no Rasmalho, nem sequer figuram no Plano; ou como no caso do Centro de Convívio Sénior, não tem verba atribuída.

Quanto ao futuro Complexo Desportivo condiciona-se as estruturas para a prática de desporto, destinando 2/3 do espaço para actividades comerciais, acrescentando a isto a construção de um estádio apenas para 9000 lugares, o que é manifestamente insuficiente e não tem a necessária visão de futuro.

Não há referência a qualquer localização de novos parques infantis e de novas creches / jardins-de-infância.

Não se planeiam os acessos à antiga ponte rodoviária, contudo, propõe-se uma nova ponte sobre o rio Arade sem a localizar.

Continua a velha intenção da maioria do PS em propor a destruição do Bairro Pontal, deslocando a sua população de origem trabalhadora que vive há décadas em casas de rés-do-chão, para blocos de andares, alterando profundamente assim os hábitos de vida dessas pessoas, que naturalmente, têm grandes dificuldades de adaptação a essa nova realidade. Não se tem em conta a melhoria das condições de habitabilidade das referidas casas, e isso sim, seria a intervenção necessária naquela parte da cidade.

Das iniciativas e obras da responsabilidade das empresas municipais tais como a EMARP e a Expoarade, não é dada qualquer informação, sabendo-se da importância para o município de tais empresas. Ainda assim, avança-se com a criação de novas empresas municipais sem especificar quais e em que domínios.

No desenvolvimento económico, a construção de infra-estruturas para atrair investimentos continua a privilegiar a monocultura do turismo, quando existem potencialidades noutras áreas como a pesca, a agricultura e a indústria, complementares que são daquele sector de actividade, e que se podem perfeitamente articular com a vertente ambiental. O investimento nestes outros sectores criaria as condições necessárias para o desenvolvimento de outras actividades económicas, o que, por sua vez criaria mais postos de trabalho, fundamental para melhorar o nível de vida dos portimonenses.

Os eleitos do PCP consideram que as opções e as prioridades da CDU são outras, e continuarão a lutar por um Plano e Orçamento participativo e debatido com os mais amplos sectores da vida do município, para que, se verifique uma transformação positiva do concelho, numa perspectiva de desenvolvimento sustentado, e ambientalmente cuidado, no interesse dos trabalhadores e de outras camadas laboriosas que vivem e trabalham em Portimão.

Face ao exposto, o seu voto é " contra ".

Portimão, 20 Dezembro de 2005

Os eleitos do PCP


Face à posição AUTISTA dos eleitos do PS e à sua incapacidade de discutir os reais interesses do Municipio, face ao carreirismo cego face a tudo aquilo que lhes é impingido , mesmo contrariando aquilo que em surdina alguns afirmam discorda, fazer propostas concretas para inclusão no Plano é uma perca de tempo e energias, que melhor parecem dever servir para organizar a luta contra todas as nefastas medidas propostas e que se não forem impedidos, certamente levarão a cabo.

quinta-feira, setembro 29, 2005

PLANO E ORÇAMENTO DA JUNTA

Declaração de Voto

_______________________________

Os eleitos da CDU na Assembleia de Freguesia de Portimão, embora tendo votado favoravelmente o Plano e o Orçamento para 2006, vêm deixar clara a sua posição face a esta votação.

1. Este não é, nem o plano nem o orçamento, da CDU, para a Junta de Freguesia de Portimão.

2. Uma vez que os eleitores escolheram outra força política que não a CDU, para gerir a Junta de Freguesia, pensamos que deve ser esta a conduzir os destinos da Junta, ouvindo as outras forças e meditando nas propostas que estas fazem, pois algumas, decerto, serão justas e úteis.

3. Nestas condições entendemos que aprovar o Plano é dar condições ao Executivo da Junta para que no próximo ano possa trabalhar.

4. Algumas propostas de iniciativas foram efectuadas, nem todas foram contempladas e, duas delas, colocadas de uma forma que não corresponde à nossa perspectiva, uma perspectiva de servir as populações e não a da promoção de espectáculos sem qualquer conteúdo.

Os eleitos da CDU, membros eleitos da Junta de Freguesia de Portimão, vão continuar a lutar pela melhoria do trabalho, ao serviço da população, com a consciência das dificuldades e limitações, face a uma maioria PS, que se deseja e epera venha a ter a capacidade de ouvir e dialogar com toda a oposição.

Portimão, 30 de Novembro de 2005

José Francisco Sanches

Susana Mealha da Silva

A declaração de voto apresentada, mostra uma atitude responsável por parte dos eleitos da CDU, mas parece ser um aviso ao Partido Socialista, no sentido de que este deve entender que ao estar em minoria, deve ouvir as propostas da CDU, pois foi nesse sentido, que nas urnas, os eleitores de Portimão se pronunciaram.

quinta-feira, setembro 22, 2005

ÁLVARO CUNHAL - 2

OS COMUNISTAS E O POVO PORTUGUÊS DESPEDIRAM-SE COM PROFUNDA EMOÇÃO DO CAMARADA ÁLVARO CUNHAL. CENTENAS DE MILHARES.

Muitas centenas de milhares de outros cidadãos expressaram o seu mais profundo pesar, atravês dos orgãos legitimamente eleitos.


Voto de Pesar

Álvaro Cunhal deu uma contribuição de alcance histórico à luta do povo português no derrube da ditadura fascista e o seu nome ficará para sempre ligado à Revolução Portuguesa do 25 de Abril.

A Assembleia Municipal de Portimão reunida em 27 de Junho de 2005, expressando o sentir da maioria da população do concelho de Portimão, vem manifestar o seu profundo pesar por esta inestimável perda e expressar ao Partido Comunista Português e por seu intermédio à sua família as mais sentidas condolências.

Portimão, 27 de Junho de 2005

Os eleitos do PCP na Assembleia Municipal

12 Membros da bancada do PS

Aprovada com 20 votos a Favor.
Aprovada com 3 abstenções.
Aprovada com o voto contra do reaccionário José Rodrigues Evangelista ( PSD ).

quarta-feira, setembro 21, 2005

DIA DA CIDADE


Intervenção efectuada na Sessão Solene

11 de Dezembro 2005

Excelentíssimo Senhor Presidente da Câmara Municipal de Portimão,

Senhora Presidente da Assembleia Municipal de Portimão,

Senhores representantes dos Partidos Políticos com assento na Assembleia Municipal,

Autoridades civis e militares,

Minhas senhoras e meus senhores,

Neste dia da cidade misturam-se nas nossas reflexões, o passado e o futuro, o nosso orgulho de cidadãos pela nossa terra e pela nossa gente, desde as personalidades que marcaram a história de Portimão, como Manuel Teixeira Gomes que há oitenta e um anos, teve a previsão das enormes potencialidades da Vila Nova em que nascera, e por isso, a elevou a cidade, até todos aqueles obreiros anónimos, pescadores, operárias conserveiras, trabalhadores dos fumeiros, agricultores e assalariados agrícolas, e muitos outros, que com o seu esforço, contribuíram para o enorme desenvolvimento desta, que se tornou a capital do barlavento algarvio.

E nas nossas reflexões deste dia, não podemos deixar de recordar também, os entraves ao desenvolvimento e os erros na gestão autárquica que é urgente corrigir, para garantir um desenvolvimento harmonioso, com pleno aproveitamento das grandes potencialidades do nosso município.

Consideramos negativo o crescimento urbanístico desenfreado, fruto da ausência de um planeamento adequado, que também se reflecte no trânsito caótico, que a todos nos afecta.

Somando-se a todos os sacrifícios que o actual Governo do PS tem imposto, que agravaram grandemente as condições de vida dos portugueses, a Câmara tem vindo a decidir, aumentos das taxas e licenças municipais e na primeira sessão da Assembleia Municipal, após as últimas eleições autárquicas, a maioria PS, impôs a manutenção do Imposto Municipal sobre Imóveis à taxa máxima, tendo a CDU votado contra, e proposto uma redução desse imposto que não foi aceite.

Cumprindo as propostas que fizemos aos portimonenses durante a campanha eleitoral, reafirmamos neste Dia da Cidade, que continuaremos a bater-nos pela qualificação e valorização ambiental, pela criação da Reserva Natural da Ria de Alvor, pela execução do projecto intermunicipal de desassoreamento e navegabilidade do rio Arade, e a valorização das suas margens, pela construção de zonas verdes e espaços públicos de lazer, pela defesa do nosso património histórico e cultural, questões de primeira importância para o nosso concelho, quer para a qualidade de vida dos habitantes, quer para um turismo atractivo, fundamental para o desenvolvimento económico do município.

Saímos do pesadelo da seca, mas não podemos esquecer a importância da água, como bem público essencial, e continuaremos a combater todas as tentativas da sua privatização.

Estaremos sempre, activos e participativos, na defesa de todos os projectos, sejam nossos ou de outras forças políticas, desde que visem melhorar as condições de vida dos cidadãos.

Por isso mesmo, parece-nos importante referir, neste Dia da Cidade, as nossas preocupações com Projectos de Lei sobre a legislação eleitoral autárquica, que têm vindo a ser apresentados na Assembleia da República (e que tudo leva a crer, continuam a estar na forja), da autoria do PS e PSD, que visam a criação de executivos autárquicos monocolores, significando de facto, a violação do princípio da representação proporcional consagrado na Constituição.

Estamos contra tais projectos, que iriam liquidar toda a riqueza do Poder Local, no que diz respeito à fiscalização, à colaboração, e à participação das diferentes forças políticas nos executivos camarários.

Defendemos a participação, a colaboração plural e democrática das forças políticas, na solução dos problemas do município e dos seus habitantes.

É este o nosso entendimento do Poder Local Democrático conquistado no 25 de Abril, isto é: o aprofundamento do carácter democrático e participado do Poder Local, ao serviço das populações.

Celso Silva - Eleito nas listas da CDU
Membro do Partido Comunista Portugês

domingo, setembro 18, 2005

PRESIDENCIAIS 2006 - 1




GRANDE JANTAR

Realizado com a presença do Mandatário Regional, no
dia 04 de Dezembro de 2005 no Restaurante VILA LISA.

______________________________

As salas encheram-se de apoiantes de Jerónimo Sousa !
_________________

Ficou a seguinte mensagem :

Para os trabalhadores e as populações do Algarve, a candidatura de Jerónimo de Sousa, assume com clareza e de forma inequívoca o seu compromisso com a defesa dos seus direitos e interesses no exercício da função presidencial em harmonia com a Constituição da República Portuguesa.

  • Porque o voto em Jerónimo de Sousa é o mais eficaz para defender os interesses e direitos dos trabalhadores.
  • Porque o voto em Jerónimo de Sousa é um voto de utilidade garantida, o mais seguro voto da esquerda.

  • Porque o voto em Jerónimo de Sousa é o mais eficaz para derrotar a candidatura da direita.

  • Porque o voto em Jerónimo de Sousa é um voto na verdade.
  • Porque o voto em Jerónimo de Sousa é o voto na esperança.

O voto em Jerónimo de Sousa é um acto de luta que dá mais força à luta pela defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo e do país e pela construção do futuro a que os portugueses têm direito.

Votar em Jerónimo de Sousa é afirmar, com convicção e confiança, que a luta por um Portugal com futuro continua e que a esperança é possível!

Por tudo isto, vamos votar e apelamos aos trabalhadores e populações do Algarve ao voto em Jerónimo de Sousa na eleição do Presidente da República!



Transforma o apoio em voto!
_____________________

domingo, setembro 11, 2005

LUTA POR NOVO CENTRO DE SAÚDE !

Os utentes do Centro de Saúde de Portimão, não têm as minimas condições quando se dirigem a esta instituição.

A sala de tratamentos funciona num espaço exiguo sem ventilação adequada e não tem um mínimo de privacidade que deve sempre existir nestas situações.

Os utentes do CDP ( pneumonológico - ex. tuberculose), funciona num espaço, em que o cheiro a raticida ( para afastar os tão indesejados animais ) é insuportável.

A responsabilidade de exigir ao governo que acelere a construção do novo Centro de Saúde, que ainda se encontra em projecto, é da gestão PS da Autarquia.

O que tem feito a maioria PS para resolver este problema tão sensivel para os Portimonenses?...

NADA ! NADA DE NADA !

A CDU nos orgãos autarquicos e na Assembleia da Républica tudo têm feito para que o Centro de Saúde saia do papel e seja uma realidade.

CDU
Trabalho Honestidade Competência

A minha fotografia
Nome:
Localização: Portimao, algarve, Portugal

Adicione aos Favoritos

Adicione aos Favoritos
CONTACTOS
  • PCP
  • JCP
  • JORNAL AVANTE
  • CGTP
  • O Militante
  • PCP ALGARVE
  • CAMARADAS
  • OLHÃO
  • DOC.PORTIMÃO
  • INTERNACIONAL COMUNISTA
  • BLOGUES INTERCOM
  • 2 ROSAS
  • BLOG PCP
  • ABRUZOLHOS
  • AS VINHAS DA IRA
  • AD ARGUMENTANDUM
  • À ESQUERDA
  • OUTRAS POLITICAS
  • PALACIO DOS BALCOES
  • VERMELHO VIVO
  • PELO MUNDO
  • AFRICA DO SUL
  • BRASIL
  • ALEMANHA
  • JORNAL DO PC CUBANO
  • FRANÇA
  • USA
  • ESPANHA
  • CHILE
  • IRAQUE
  • INDIA
  • BELGICA
  • ARGENTINA
  • PERU
  • CUBA
  • GRÉCIA
  • AUSTRALIA
  • AUSTRIA